A princesa dele

Ela é a princesa dele e ele o príncipe dela:
Não eram um casal perfeito, daqueles de cinema. Brigavam de vez em quando, mas quando brigavam, ficam umas horas sem se falarem, cada um querendo ser o dono da verdade. Mas no fundo eles sabiam que tudo era joguinho bobo de orgulho, e que por trás das caras fechadas e bicos não se aguentavam de saudade, sim é amor, disso ninguém pode duvidar, um amor louco que chega ser doentio e masoquista, mas é amor, um amor que apesar dos desentendimentos e brigas constantes, é mais forte que o nossa estupidez. Tudo bem se o estilo deles não agrada ninguém, talvez eles não sejam um casal tão famosinho entre a galera, e que nem todo mundo gostem deles,
 mas uma coisa é certa… Eles se amavam mais do que qualquer coisa.



Eu sou a branca, e você o preto. Eu sou a lua, você o sol. Eu sou o rio, você o mar, sim, nós somos diferentes um do outro, mas temos uma coisa em comum, O AMOR.
Você sempre será meu príncipe, e eu sempre serei sua princesa.


Pesquisar

Quem sou eu?

Curitibana de nascimento, paulista por diversão, catarinense por opção, tenho 15 anos, sou de Áries, estudo a tarde, viciada em Minions e coxinha, fã da Clarice Falcão não faço muito sentido, não sou toda alegre o tempo todo, a toda amorosa constantemente. Eu sou estranha, tenho gestos e pensamentos e encanações e neuras, Mas deixa isso tudo pra lá, eu e a minha estranhice, estranheza, estranhagem, estranhamento, estranhação. Estranha ação. É isso aí, sou cheia de estranhas ações. Uma delas é tentar explicar quem sou eu, se nem eu mesmo me conheço, rs.

Redes

Faça Parte!